7 de janeiro de 2013

Resenha: Callum & Harper - Fisher Amelie


Callum e Harper são orfãos, e acabam se encontrando em uma situação nada legal para nenhum dos dois. Eles foram expulsos de suas casas adotivas porque atingiram a maior idade e as famílias parariam de receber para cuidar deles.
Eles se conhecem na fila da Assistência Social, onde estão esperando um lugar para ficar. Instantaneamente, eles notam a presença um do outro e sentem algo diferente.
A partir dessa noite, tudo irá mudar na vida deles. Eles não conseguem um lugar para ficar por meio da Assistência Social e tudo que resta para os dois é que o plano B funcione.
Esse livro é daqueles que começa de um jeito e tem uma reviravolta no meio que muda todo o rumo e sentido da história. Eu gostei muito, mas muito do livro até que tudo começou a sair dos trilhos da proposta inicial.
Os personagens são legais, e a autora narra de uma maneira que mesmo que eu não estava mais gostado do que estava acontecendo, eu simplesmente não conseguia parar. Eu não conseguia soltar o livro porque eu precisava desesperadamente saber como iria terminar.
Eu não me arrependo de ter lido o livro, é daquelas leituras viciantes e eu gosto quando o autor consegue chegar nesse ponto. Quer dizer que algo certo, o autor fez.
Algumas partes eu senti que ficaram forçadas demais e para mim, se o livro tivesse se mantido apenas com os acontecimentos do inicio e desenvolvido um pouquinho mais naquele rumo, eu iria gostar bem mais.

4 comentários:

  1. Oi, Gabi!
    Às vezes o imprevisível é uma coisa boa, mas é muito ruim quando ele acaba nos decepcionando.
    Gostei do enredo inicial, da sinopse que você descreveu e, mesmo que você não tenha gostado, fiquei encucada para saber o que de tão inesperado aconteceu rs A curiosidade fala mais alto de vez em quando.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha e fiquei bem curiosa para saber o que acontece no decorrer da história. É uma pena que não tenha sido um livro tão bom.

    Beijo:*
    Naty.

    ResponderExcluir
  3. Interessante o livro, Gabi. Gostei da ideia dele, da parte dramática. Pena que alguns momentos são forçados e deixam a desejar.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  4. Odeio quando isso acontece, de o livro fugir da proposta inicial ):

    ResponderExcluir